Família em família

4 grupo

1973 a 2010 (36 fotos)

Parte deste ensaio foi publicado na revista “Granta em português/5”, no verão de 2010, com o tema: Família. Assim o apresenta a editora-chefe Isa Pessôa: “Um retrato amoroso da família brasileira está nas fotos da mineira Ana Regina Nogueira. As imagens selecionadas para o ensaio desta edição são fruto de várias sessões, feitas com a própria família, em festas que desnudam afeto, histrionismo, melancolia — lá estão todos em ação, dançando a Macarena, enquanto as crianças dormem; a mãe de bobes se arrumando junto à penteadeira, ou recebendo visitas na sala; as tias falando, falando — e será que alguém está ouvindo? Veja você.”

Galeria de fotos

Read more

Usina Hidrelétrica Funil, uma paisagem perdida

Retratos (12)

2002 a 2003 (145 fotos)

Em 2002, fiz meu último trabalho analógico. Colhi imagens dos patrimônios natural, cultural e construído da área de 38 km² inundada para se formar a Usina Hidrelétrica Funil, localizada ao sul de Minas Gerais, no Brasil. Morando a quarenta minutos, atendi ao chamado dessa região da bacia alto rio Grande a invocar o único socorro que poderia prestar-lhe: resgatá-la em fotografias. Contratada pelo Consórcio Empreendedor AHE Funil, constituído pela Companhia Vale do Rio Doce/Vale e pela Companhia Energética de Minas Gerais/Cemig, visitei o local quase noventa vezes antes e durante a agressão, até o final da formação do reservatório da água que gera a energia. O local foi tomado por rápidas e precipitadas destruições. Em barcos, carros, helicópteros, a pé e de garupa em lombos de cavalos, as fotos foram banhadas pela luz das quatro estações.

 

Galeria de fotos

Palavras afogadas

Read more

Brasileiros pós 1973

5a docu0215

pós 1973 (100 fotos)

Atravessei cinco décadas elevando a câmera aos olhos. Em metrópoles ou vilas de vários estados brasileiros cliquei em lares, ruas e parques, praias e montanhas. Encontrei olhares reluzentes, cenas delicadas ou pungentes. Estive entre inocentes e doentes, pobres e ricos submersos em suas formas de viver. Por vezes, ainda hoje é irresistível captar cenas fraternas da amada e diversificada família brasileira.

Veja mais fotos de brasileiros, selecionadas por Pierre Devin, na página da exposição “Retrospective”

Galeria de fotos

Read more

Olhos n’água

 

1 Olhos n'água

1980 a 1993 (13 fotos)

No mar, em rios, cachoeiras, na chuva, em lagos e piscinas colhi imagens do encontro entre corpos humanos e a água. Convidada a fazer uma exposição individual, busquei-as nos Arquivos. Naquele momento passava por uma intensa purificação e ansiava por ter contato com a água. Morava a um quarteirão do mar, 1 km de uma cachoeira, e subia um lance de escada para estar em uma piscina. Com uma câmera a prova d’água busquei compreender nossa relação com este reino mineral.

Galeria de fotos

Read more

Maria de Barro: crianças recuperam voçoroca

IMG_1657

Nazareno, Minas Gerais, julho de 2004 (25 fotos)

Voçorocas ferem a paisagem de vermelho. Provocadas pelo desmoronamento de terras, desnudam camadas inférteis do subsolo. Ameaçam a agricultura, as obras viárias e urbanas, assoreiam rios. Comuns em regiões onde houveram minerações, essa desoladora degradação ambiental é proveniente da ação do homem. Primeiro trabalho digital, fotografei movimentos de recuperação de uma voçoroca urbana para o projeto educativo “Maria de Barro”. Este ensaio retrata um dia ensolarado de inverno passado em uma voçoroca urbana. Um grupo de crianças de uma escola do município de Nazareno aprende a conhecer e respeitar o solo, e a plantar mudas da vegetação nativa. Seus professores buscam redefinir a relação humana com a água, o solo e a sociedade.

Galeria de fotos

Read more

Corpus christi

17 IMG_2044

Nazareno, Minas Gerais, 2003 (19 fotos)

Enquanto vagava com a câmera pelas ruas de Nazareno, Minas Gerais, vi-me envolvida por uma comemoração religiosa. Em alegria, entreguei-me ao fluxo da vida e fui levada pela busca de imagens.

Galeria de fotos

Read more

Carnaval barroco digital

1 Dcp_4587 copy

Sexta-feira e sábado de carnaval, 2003, São João del Rei, Minas Gerais (40 fotos)

Primeiro ensaio digital, com uma pequena Kodak emprestada por um amigo fotógrafo americano que me visitava, criei símbolos da infernal ilusão do carnaval. No retângulo áureo, a folia e o desejo entre plumas e fumaças, o sonho e o pesadelo em abundantes roupagens vistosas. Entre jogos ornamentados de patética intensidade, aflorou a sofrida mineirice barroca. O excesso de cores ardia, esfogueteado pela obscura ânsia louca em busca do nada.

Galeria de fotos

Read more

360º

eu e o caminho

1974 a 2000 (7 fotos)

Por vezes, apenas uma foto não representava a amplitude do olhar e da vida. Assim surgiram panorâmicas espontâneas, verticais ou horizontais, compostas por múltiplas fotografias representando a passagem do tempo.

Galeria de fotos

Read more

Deus e o diabo na terra do sol

Louvor

1973 a 2000 (20 fotos)

Este ensaio, criado a partir de fotos de Arquivo, homenageia quem, através de múltiplas expressões religiosas, responde ao chamado de transformação para chegar a Deus. É ofertado aos que, ora acertando, ora errando, prosseguem em busca do amor fraterno e aos reinos da natureza. Aos que anseiam pelo abstrato, o imaterial.

Galeria de fotos

Read more

A noite escura da alma

OK_docu0068

(18 fotos)

Com a maioria de fotos dos anos ‘80, este ensaio foi criado como um exorcismo, em 1999. Nasceu após uma enorme mudança de consciência, anos de vegetarianismo e me mudar da cidade do Rio de Janeiro para uma fazenda no interior de Minas Gerais. Após começar a me reconectar com a natureza e estar há seis anos sem fotografar. Simboliza a rede mundial negativa, hoje mais ativa que nunca, que contamina corações estimulando o consumo de drogas, o uso liberal do sexo e outras ilusões. Essa rede de vícios é uma das estratégias do governo mundial do mal que, conscientemente, a instalou para impedir a evolução humana. Aprisiona pessoas ao mantê-las dependentes, ignorantes e inconscientes. “Poemas drogados”, que acompanha este ensaio, vieram à tona em 2001, quando criava meu primeiro site. Foram baseados em trechos desesperados de antigos escritos, e têm a forma de taças.

Galeria de fotos

Poemas drogados

Read more